Blog

09/11/2018
Roca Sales (RS) é destaque na criação de carpas

Em Roca Sales (RS), município localizado a 140 km da capital Porto Alegre, a piscicultura é uma atividade econômica tradicional, e gradativamente vem se tornando referência no setor, tanto em produtividade como em qualidade do pescado.  A cidade com pouco mais de 11 mil habitantes possui ótimas posições nos rankings nacionais e estaduais de produção de carpas. Em nível nacional, ocupa o 15 º lugar e entre as cidades gaúchas é a 10º colocada.                                   

Dentro do Vale do Taquari, região central do Rio Grande do Sul com 36 municípios, Roca Sales é a primeira cidade que alcançou a marca de 118 toneladas produzidas anualmente, sendo que o segundo colocado, Boqueirão do Leão, produziu 80 toneladas, de acordo com dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).Por conta da seriedade e tradição na criação de carpas o município realiza um feira especialmente para o setor, chamada de Fecarpa, que já está em sua 7 º edição.        


De acordo com Deoclesio Piccoli, técnico agropecuário que trabalha no escritório municipal da Emater de Roca Sales, quando os produtores iniciaram nesta atividade tinham como objetivo o consumo próprio e de suas famílias, porém aos poucos esse setor foi aprimorado e estruturado. Hoje, são mais de 350 produtores, com mais de 530 viveiros espalhados em 123 hectares de lâmina da água e a  Emater presta assistência à 45 desses produtores. 


Em 2017, um investimento da SDR (Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo) através do Programa RS Pesca e Aquicultura, possibilitou a construção de 28 tanques, beneficiando 22 produtores, que receberam da Secretaria as máquinas e operadores. O Sr. Arnildo Krieger que até então se dedicava apenas à agricultura com vacas leiteiras e galinhas foi um dos beneficiados. Ele conta que sempre tivera a vontade de iniciar no ramo, pois as propriedades vizinhas à sua também se dedicam à piscicultura. Nas terras do Sr. Arnildo foram construídos três tanques, e após orientações técnicas decidiu optar pelo policultivo de carpas, ou seja, várias espécies juntas, como prateada, húngara, capim, etc. A produção iniciou em abril deste ano, quando foram colocados os alevinos e a previsão é que em 15 meses sejam despescados mil quilos de peixes. Sr. Arnildo ainda afirma que após o primeiro cultivo construíra mais dois tanques.                                                                                                                                                  

Roca Sales mantêm também uma associação para os produtores da cidade, chamada de Associação Rocassalense de Piscicultura, que está em funcionamento desde 1992. Além disso a produção também é destinada à merenda escolar do munícipio.


Fonte: Informativo


Voltar